23/02/15
Jiu Jitsu
Muay Thai
POR:

Seminário do Werdum sobre BJJ, Muay Thai e MMA.

werdum-nair_hababi

Esse fim-de-semana estive em Porto Alegre/RS para participar de um seminário do Werdum, sobre Jiu Jitsu, Muay Thai, preparação física e MMA.

E por que é tão interessante participar desse tipo de seminário?

Primeiramente, porque é uma oportunidade de poder conhecer de perto um pouco mais sobre a trajetória do lutador, de como é montado o esquema dos treinos, sobre quem está por trás do treinamento de cada modalidade de lutas, incluindo dieta e preparação física, e também, para dividir e treinar os golpes preferidos deles!

nair_hababi-gcampaner-2

Então, por exemplo, a primeira parte do seminário foi sobre Jiu Jitsu. Estavam lá para dar as aulas os professores Fábio Gurgel e o Mário Reis da Alliance, que escolheram algumas de suas posições preferidas para que pudéssemos treinar. Começando por uma posição específica e, aos poucos, mostrando outras variações e possibilidades para a mesma posição. E poder aprender diretamente com professores tão conceituados é o diferencial, sempre atentos, corrigindo e ensinando quantas vezes fossem necessárias!

Eu e minha cara de envergonhada entre Werdum e Fabio Gurgel.

Eu e minha cara de envergonhada entre Werdum e Fabio Gurgel.

Na segunda parte, o evento foi dividido entre:

Preparação física: Tiago Proença, falando sobre a importância do aquecimento, alongamento, e dos cuidados que devem ser considerados na prática de toda e qualquer atividade física, incluindo sobre a dieta do atleta.

Muay Thai: o mestre Rafael Cordeiro, treinador do Werdum, veio diretamente de Los Angeles para o evento, e passou um treino de Muay Thai pesadíssimo!!! E sempre dando dicas como, por exemplo, a importância do jogo de pernas que todo lutador deve ter.

nair_hababi-gcampaner-4

O mestre frisou muito a importância de se ter um uma passada certa durante a luta, como a rotação de pernas, e então passou vários exercícios para que fixássemos bem esse conceito.

Ele até brincou que estava escutando muito barulho enquanto todos davam os passos, e que ninguém estava lá para limpar o tatame (rs), ou seja, ele queria movimentos mais curtos e suaves.

Enfim, foi um treino muito intenso e muito produtivo!

Por fim, veio o treino de chão do MMA, onde o próprio Werdum passou algumas de suas técnicas preferidas, sempre participativo e corrigindo cada detalhe de todos que estavam ali treinando.

nair_hababi-gcampaner-5

1+

Comente esse assunto no facebook

Deixe seu comentário aqui no blog!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados com essa matéria