Categoria: Krav Maga

30/11/15
Krav Maga
POR:

Por que praticar o Krav Maga?

Com a violência que está pelo mundo a fora, virou questão de sobrevivência saber sobre a autodefesa.

O Krav Maga está aí para isso. Pois é a única luta reconhecida como defesa pessoal e não como arte marcial. Ela foi criada na década de 40, com diversas técnicas, trabalhando o corpo, a mente, comportamento e a atenção. Porém, a luta proporciona outros benefícios.

Pensando nisso, separei alguns motivos para praticar o Krav MagaVenham ver!

Autodefesa - O Krav Maga envolve técnicas e táticas de diversas artes marciais. Preparando o aluno para a vida real, e ajudando a responderem de forma eficaz à um possível ataque supresa. Para mulher é muito importante, pois é uma modalidade, onde a força e o tamanho não importam, por isso é uma opção para mulheres que buscam a autodefesa. Perda de peso - Para a preparação do corpo no início dos treinos, os exercícios são: abdominais, corrida, flexões e alongamento. Nos treinos, para de defender deve-se desviar de agressões e ataques. Todo esse esforço físico, serve como exercícios, consumindo de 800 a 1000 kcal em uma aula. Alivia o estresse Como outras lutas, o Krav Maga tem muitos movimentos relaxantes, propícios para alivia tensões de dias muito cheios. Aliando o estresse.

ver mais

26/09/15
Krav Maga
POR:

Krav Maga: história e filosofia

História

O Krav Maga nasceu em meados da década de 40 pelas mãos do Imi Lichtenfeld, que criou um método de defesa pessoal de sobrevivência em meio à guerra que se instalou em Israel.

krav_maga_fundador-krav_maga-defesa_pessoal

Imi Lichtenfeld

ver mais

12/01/15
Krav Maga
Motivação
POR:

Krav Maga

nair_hababi-Krav.Maga

Por volta de 2006 quando tive os primeiros sintomas de síndrome do pânico, pesquisei sobre Defesa Pessoal no meu amigo Google e encontrei o Krav Maga. Porém, nesta época, eu estava iniciando um processo de depressão, e meio que juntou tudo, então não tive coragem para ir fazer uma aula teste. ver mais

26/11/14
Krav Maga
Motivação
POR:

Defesa Pessoal: Superação Síndrome do Pânico

Sempre fiz academia…sempre!

Ir à academia nunca foi necessariamente divertido…porém, necessariamente necessário! Rs

Estar na academia resumia-se à sala de musculação. Treinos solitários…mas necessários!

Às vezes arriscava a aulinha de local…quem sabe aventurar-se naquela aulinha de “step”? E ponto.

No meio do caminho tive alguns “probleminhas” de percurso. Afinal, quem não os tem, não é verdade?? Muitas vezes lidamos de maneiras distintas em relação aos nossos problemas. Mas o importante é superá-los, porém, a superação não é algo tão fácil de se alcançar.

Enquanto eu não superava…veio a depressão! Que não perdoou e ficou por anos a fio. Remédios vieram…cada um mais forte que o outro. Psiquiatras, psicólogos e afins. E como a desgraça não estava pouca (rs), comecei a associar algumas sídromes, a mais abrangente foi a do pânico.

Sentia medos…na época a violência estava no auge. Tinha medo de morrer. Não por mim, mas porque eu já tinha um filho. Esse medo, infelizmente, tomou conta de mim. Sentia uma insegurança absurda, e isso começou a tomar conta da minha vida. Me deixei dominar completamente por sentimentos negativos…destrutivos!

Então comecei a pesquisar aulas de defesa pessoal. Google! Rs

Dentre todas as opções teve uma que me chamou a atenção: o Krav Maga (defesa pessoal do exército israelense). Porém, na época não tinha confiança o suficiente para ir. E não fui.

Anos sofrendo, porém, medicada. Alguns remédios até me causavam euforia, por vezes, excessiva! Tudo falso…mas pelo menos foi o que me “salvou” do pior naquela época.

Psicologicamente me fazia mal ser tão dependente dos meus remédios. Eu precisava…MUDAR!!!

Voltei a pesquisar sobre o Krav Maga…e desta vez tomei coragem e fui!

Mais para frente vou falar sobre Defesa Pessoal mulheres, onde fazer, o que fazer, com quem fazer e seus benefícios.

Aguardem!